Finalmente consegui perceber a vantagem de ter um tablet. Encontrei o meu preferido, vem ainda com dois acessórios extraordinários, um teclado e um rato sem fios. A desvantagem? É um tanto ou quanto pesado, mas já tem um stand incorporado e o som é magnífico, saindo de uma coluna horizontal centrada no painel traseiro.

É também o tablet ideal para ver filmes em todo o lado, inclusive na casa de férias que nem TV tem. Ou para jogar com a família. TODA a família e simultaneamente.

Finalmente, um tablet com Windows 8 (não o RT) em que posso trabalhar com o Office 2013, editar uns vídeos, misturar áudio, etc.
Aliás, este tablet convenceu-me tão bem que até posso afirmar que, se fosse meu, não precisava de mais computador nenhum… em casa. Para andar de um lado para o outro, manteria o meu Macbook.

Já devem te percebido que este não é um tablet tradicional, mas sim um PC AIO (all in one) que por acaso tem um enorme ecrã de 20” (50,8cm) táctil que é uma maravilha.

A Sony apresenta-o como um novo conceito de computador, muito versátil e concebido para tirar partido do Windows 8, sendo muito intuitivo, fácil de utilizar e abrindo novas e emocionantes possibilidades de interacção com aplicações e com a sua colecção multimédia.

Concordo.

O conceito de portabilidade pode parecer inadequado, mas é-o e tem uma bateria a condizer. O suporte integrado possibilita escolher o ângulo indicado para o que estamos a fazer e até mesmo deitá-lo para os tais jogos a mais de duas mãos num plano horizontal.

Portátil e alimentado a bateria, o Tap 20 apresenta um grande ecrã multitoque com suporte integrado que o inclina num ângulo confortável para navegar, aceder a entretenimento e editar fotografias/vídeos com simples toques. O melhor de dois mundos? Vamos ver.

2

A máquina

Está equipado com um Processador Intel Core i3 de 3ª geração, 4Gb de Ram e um disco rígido de 750Gb, o que garante força para quase todo o tipo de actividade e bastante espaço de armazenamento (tendo em conta que é um “tablet”, mais que bem vindo).

O motor BE2, o Mobile Bravia Engine, ajuda a que as imagem fluam com uma nitidez extraordinária e muita qualidade. O Tap 20 vem ainda equipado com mais tecnologias Sony, como as tecnologias S-Force Front Surround 3D e ClearAudio+. Às colunas estéreo de dimensões generosas, junta-se um subwoofer integrado, que garante um som rico, detalhado e até com algum volume.
Como ligações, Ethernet, Wi-Fi, Bluetooth e NFC dizem “presente”. Faltam-lhe algumas como mais adiante podem ler.
A câmara frontal serve para conversas no Skype e pouco mais.

7

Aplicações

Como tablet para toda a família, tem já incluídas determinadas aplicações, da qual destaco o “Family Paint” (auto explicativo), “Fingertapps Organizer” (agendas actualizadas por toque), calendários, notas e lembretes, etc.
Logicamente que podemos e devemos vasculhar a loja Windows 8 para instalar o que mais nos convém.

3

Dedo para cima

Todo o design é muito bem conseguido e os materiais excelentes, como a gama Vaio já nos habituou. Inclusive, adorei o teclado tipo chiclete e sem fios, assim como o rato. Sou até da opinião que este teclado é uma fantástica mais valia na compra deste Tap 20 e quero até comprar um avulso.

No topo encontramos os botões Vaio Assist, rotação automática, volume e Power on/off.

A bateria de 5,000-mAh tem uma tampa amovível para facilitar qualquer operação.

6

 

Dedo para baixo

Poderia ser mais leve e estreito, mas não é bem uma queixa, é mais um pedido para a próxima geração. A Sony pode também equipá-lo com mais ligações físicas, pois há poucas portas disponíveis. Apenas duas USB 3.0 e entrada para cartões. Faltam a VGA e a HDMI, facto agravado porque também não existe drive óptica.

 

1

Conclusão

Fiquei apaixonado por este Tap 20 e, pela primeira vez, começo a perceber as vantagens de ter um tablet… mesmo que seja enorme e que não se possa transportar no bolso.

Mas na verdade, poder trabalhar certas aplicações com o dedo ou uma caneta, principalmente de desenho, são mais valias importantes para muito tipo de trabalho ou momentos de lazer.

É um computador social, que convida a jogar com mais que uma pessoa todo o tipo de jogos, pois responde bem até ao toque de 10 dedos em simultâneo.

Podia ter um processador mais potente, mas para 90% dos casos, um i3 é suficiente. As ligações são parcas… compreendo até a solução de não incluir portas que o liguem a um televisor maior, pois 20” chegam e sobejam para muitas visualizações, mas também o que custaria?
A falta de um CD/DVD é capaz de assustar muita gente, mesmo que estejamos numa época de streaming de áudio e vídeo e utilização de Pens e cartões. Mas, para a dimensão e peso do Tap 20, bem que lá poderia estar.

Resumindo, grande tablet… em mais que um sentido.

 

5

Vídeo Tap 20

 

 

Características

tap20 ligações

 

 

 

,

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Breves

Analista ao volante do novo Mercedes Classe A

Siga o Xá das 5, um blogue de João Gata