Moda

A magia dos vestidos pretos

Uma vez, uma mulher sábia disse que “uma mulher de preto, nunca se compromete”, e desde então os vestidos desta cor, assumiram destaque, como símbolo de sensualidade e elegância um pouco por todo o mundo.

Talvez por isso qualquer modelo, seja ele para uma cerimónia, para uma festa ou até para um baile seja perfeito nesta cor. A prova disso é a quantidade de ofertas que lojas online disponibilizam para ocasiões especiais (em inglês, são também conhecidos como formal dresses & gowns).

Pois bem, seja aquele modelo mais simples, ou aquele modelos mais glamorosos, a verdade, é que deve existir, pelo menos um vestido preto no armário de qualquer mulher. Esta “quase obrigação”, prende-se não só, como já referi, com a sofisticação e elegância da peça, mas também, pela sua versatilidade, uma vez que aquele toque especial pode ser conseguido com uma escolha de calçado acertada (porque não apostar fortes, ou então nos clássicos, dourados e prateados), pela escolha dos acessórios como das joias. Afinal de contas quase todas as cores combinam bem com o preto, e se ainda restarem dúvidas, os nudes também nunca falham).

O vestido preto, só por si dispensa quase todos os detalhes de sensualidade, mas claro que, um decote generoso, uma saia elegante, ou até mesmo umas mangas em renda, podem ajudar a criar um visual muito mais sensual. 

Os vestidos de cerimónia pretos (em inglês, black formal dresses), são perfeitos para aquela festa especial, para aquele jantar romântico, ou quem sabe (neste caso um pouco fora de horas, mas fica já a sugestão), perfeitos para o baile de finalistas. Pessoalmente arriscaria dizer, que nenhuma peça, faz uma mulher se sentir tão segura e confiante, como um vestido preto.

Ao longo dos anos esta cor, ganhou o devido destaque, e por muito que a moda possa mudar a verdade é que este será sempre o clássico dos clássicos e como tal, nunca vai, sair de moda. Por outro lado, o segredo para usar um vestido preto, prende-se com a confiança da mulher e a imagem que ela pretende passar.  Por isso é fundamental que seja a mulher a usar o vestido e não o contrário. Quero portanto com isto dizer que, apesar de ser uma peça icónica e obrigatória em todos os armários femininos, só deve ser usada se a mulher se sentir realmente bem com ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.