bits-wheel-tmagArticle

 

Se há algo no mundo que não pode ser reinventado, porque a sua forma é perfeita, é a roda. Mas, felizmente, há lugar para reinterpretá-la, modificá-la, repensá-la, reorganizá-la. É para isso que serve o génio humano, não é?

Pois a SuperPedestrian, uma start-up sediada em Boston, USA, recebeu uma pequena ajuda (em forma de 2.1 milhões de dólares) para inventar uma roda que transforme qualquer bicicleta normal numa bicicleta eléctrica.

O protótipo, denominado por the Copenhagen Wheel, é um design do Massachusetts Institute of Technology SENSEable City Laboratory. Como se pode ver pela fotografia, a engenhoca, que pode ser montada numa roda, inclui um motor e a respectiva bateria e sensores. Ao pedalarmos, vamos enchendo a bateria e somos avisados por uma app para smartphone que nos indica quanta energia conseguimos em cada pedalada. Depois, nas subidas, podemos utilizar essa energia, descarregando a bateria. O sensores automatizam o processo e o ciclista já nem tem de se lembrar em ligar ou desligar o botão do power.

Esta bateria também se carrega quando travamos numa descida e, ainda melhor, o motor serve também como gerador, bastando para isso pedalarmos para trás.

Bom, tudo isto é muito cool e tal, pois as boas notícias não acabam aqui e há a garantia que as primeiras unidades vão ser colocadas à venda já em 2014 e que o sistema é compatível com a maior parte das bicicletas existentes, mas o que vos ficou na retina foi a questão dos 2.1 milhões de dólares, certo? Bom, saibam que foram avançados pela Spark Capital com participação do senhor David Karp, nada mais nada menos que o fundador do Tumblr.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *