10421409_791229500922058_2825744333341077233_n

A impressão de documentos e, principalmente, imagens, é uma operação muito dispendiosa. Por mais barata que seja a mais recente impressora, sabemos que passado pouco tempo vamos gastar muito mais dinheiro num conjunto de tinteiros para esse mesmo equipamento. Devido a isso, há que ter em consideração diversos factores que resultem numa maior durabilidade e desempenho, paralelamente à qualidade a preto ou com as cores mais sumptuosas e que, acima de tudo, tenha uma consciência ambiental, cada vez mais importante no nosso mundo.

A HP, reconhecida como um dos fabricantes de topo e que evolui constantemente as suas soluções, trouxe há pouco tempo a Portugal o seu porta voz que corre o mundo a explicar a arte de impressão, desde as cabeças à tecnologia empregue, da própria tinta à forma como o tinteiro a poupa gota a gota, mantendo altos padrões qualitativos.

Thom Brown deu uma lição aos jornalistas presentes, de uma forma prática com experiências físicas e químicas, sobre este extraordinário mundo e o porquê da HP ter tantas patentes em seu nome. Uma das áreas mais importantes é o desenvolvimento dos tinteiros originais que têm grandes vantagens sobre os de marca branca e até os remanufacturados. Neste campo, o “barato sai caro” (por vezes muito caro devido a entupimentos que resultam na troca da própria impressora) e quando percebemos que o tinteiro representa 70% da tecnologia de uma impressão, compreendemos porque existe uma análise tão rigorosa de qualidade, fiabilidade e segurança na construção de cada um.

Pesquisas recentes demonstram que os Tinteiros HP originais produzem mais 34% de páginas comparativamente com tinteiros de marca branca, e mais 69% comparativamente com tinteiros reenchidos. São percentagens que, imediatamente, nos obrigam a repensar a poupança que julgamos fazer quando optamos por soluções mais baratas.

Os originais evitam fugas de preenchimento e o mau posicionamento das linhas, o que, para alem de garantir resultados excepcionais, prolongam a vida útil da impressora, pois estão devidamente calibrados e são rigorosamente testados antes de serem colocados à venda.

Os laboratórios e a tecnologia HP têm conseguido baixar o preço do custo da tinta, devido à evolução da precisão na impressão. Também  desenvolveram tinteiros com maior capacidade que permitem uma real poupança por página (chega a atingir 50% dos tinteiros standard). A venda de um conjunto também consegue uma poupança de 20% comparativamente com tinteiros separados.

O papel original fotográfico HP foi também desenvolvido tendo em conta as particularidades das impressoras e dos tinteiros e garante, ao trabalharem como um só, resultados até 50 vezes mais duradouros que as restantes marcas líderes. Um recente estudo da BuyersLAb aponta as vantagens da utilização de originais HP: não houve falhas e imprimem mais 50% de páginas que tinteiros reenchidos.

Outro problema dos tinteiros é a sua pegada ambiental. A HP tem também um compromisso muito sério com o ambiente e desenvolveu técnicas de reaproveitamento dos materiais. Foi criado um programa de devolução de tinteiros, o que permite a sua reciclagem em “circuito fechado”, recuperando plástico que é reutilizado em novos tinteiros originais HP e sempre com a mesma qualidade e que devolve um valor aos clientes em Portugal por cada tinteiro devolvido.

Existem muitas curiosidades em todo este mundo da tinta e dos seus elementos. Por exemplo, sabiam que uma simples letra A em tamanho 12 e fonte Times New Roman é composta por 1400 gotas de tinta? E que uma fotografia (15×15) contem cerca de 35 milhões?
Para aguçar ainda mais a curiosidade e provocar-vos uma visita ao mundo da HP, deixo-vos com esta: os injectores numa impressora de jacto de tinta são tão pequenos e complexos que têm 1/3 da espessura de um cabelo humano.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *