A Kaspersky realizou a sua apresentação anual da actualização das suas suites de segurança em que troquei dados por alimentos

Qual é um dos mais preciosos direitos fundamentais do Homem? A sua identidade!

E o que é a identidade no séc XXI? São os dados, os nossos dados, tudo o que nos diz respeito.

Madrid, da luta pelos direitos ao direito a lutar

KIS 2020
KIS 2020

Fui até Madrid para a apresentação da nova suíte Kaspersky Total Security 2020 com actualizações muito objectivas para fortalecer o controlo da privacidade do utilizador tanto em Apps quando na visita aos vários websites que se multiplicam pela net.

Nos entretantos, do hotel ouvia-se os gritos dos independentistas que lutavam na Plaza Mayor, mimetizando o que se passava em Barcelona.
E não pude deixar de pensar na liberdade. Na nossa liberdade individual num mundo em que estamos à venda inseridos num pacote de dados de milhões de pessoas como nos a que se chama… utilizadores.

A Kaspersky optou por uma apresentação original e com algum humor… que depois fez pensar as três dezenas de jornalistas presentes.

KIS 2020

Escolheu um mercado biológico local e à entrada entregou um questionário muito simples: o objectivo era cada jornalista seleccionar as aplicações instaladas que tem no seu smartphone.

Cada conjunto valia x dinheiro em moeda virtual que depois poderia ser trocado por produtos biológicos nas várias bancas do espaço. Mas não pensem na diversão ou nas ofertas.

É que por cima de cada banca estava descrito quanto é que custa, por exemplo, uma laranja e logo com um agradecimento jocoso.

Ou seja, porque tinha o messenger instalado, recebi cinco euros. Estes cinco euros valiam um biscoito físico, mas o verdadeiro custo foi o que troquei realmente por estes cinco euros? Quantos dados, quantos emails, quantos números de telefone, quantas passwords? Concluindo, este biscoito que parecia uma simples e deliciosa oferta era afinal a cenoura que encaminha o burro…

E isto, meus amigo, faz pensar quando temos vários quadros a agradecer o nosso dinheiro que, afinal, não foi oferecido mas antes… trocado. Por outras palavras, um presente envenenado.

Segurança a quanto obrigas

Se por um lado nos custa dar dinheiro por um anti-vírus que cada vez é mais caro mas também mais potente e multi equipamento, por outro todos já passámos por algum tipo de aflição ou conhecemos alguém que já tenha sido assaltado digitalmente, através de compras falsas feitas com o cartão de crédito, ou qualquer outro crime.

Mas nem é preciso ir tão longe. Basta-nos entender que, mesmo com os dados ou wifi desligado, mesmo que nunca concordemos ou aceitemos um qualquer pedido, à noite e depois de termos conversado sobre qualquer assunto, somos inundados por anúncios sobre o assunto que conversamos. Sim, os microfones dos nossos telefones servem muitos interesses.

Vou agora pedir-vos para responder a estas questões: costumam ligar o vosso smartphone ao wifi do restaurante? Ou ao wifi do comboio ou autocarro? Ou ao wifi do metro? Ou ao wifi dos locais públicos? E que tal o dos centros comerciais?

Se responderam sim a tudo, são pessoas em risco.

Porque se há coisa mesmo muito fácil para um malandro digital é entrar no nosso sistema através de uma rede aberta e pública. Pensem nisso!

KIS 2020
KIS 2020

O mundo da Super Deep Web

A Kaspersky apresentou um conjunto de slides que reforçam este cuidado. À nossa frente, fomos vendo um super mercado de cartões de crédito roubados à venda por um punhado de dólares.  

A marca detectou quase 22 milhões de novos ataques únicos. 800 mil computadores pessoais foram atacados por descodificadores. Mais de 5 milhões e meio foram alvo de ataques de criptomoedas. E o seu anti vírus conseguiu bloquear mais de 830 mil ataques com o único objectivo de roubar dinheiro através do homebanking.

Em suma, só a Kaspersky evitou 1900 milhões de ataques em, atenção, 2018. Sim, só durante um ano. Faz pensar, não faz?

KIS 2020
Pablo Alonso

Pablo Alonso, Retail Sales Manager, teve o papel de explicar as vantagens da nova suíte 2020 apontando a sua maior rapidez e segurança.

As novidades 2020

Uma nova interface mais fácil de entender é a cara de muita optimização e várias melhorias como na defesa contra ramsomware, contra exploração de vulnerabilidade e permissões para Android e MacOS.

Depois de muitos dados, e de uma conversa onde coloquei algumas questões sobre os planos da Kaspersky para lidar com as casas e as cidades interligadas e smart, as grandes razões para se optar pela nova suite 2020 são a VPN inteligente e segura quando nos colectamos a uma rede wifi pública e em qualquer parte do mundo.

Contamos também com a Protecção de Pagamentos para podermos usar a banca online sem os receios associados, como impedir que o spyware faça capturas de ecrã,

Talvez mais importante que os nossos dados são os dados dos nossos filhos. São eles os mais vulneráveis e que não têm noção do que se passa realmente no mundo digital e virtual.

E de pouco servem os avisos dos pais, dos professores, dos adultos que já passaram por episódios complicados.

Daí ser tão importante a Kaspersky Safe Kids que, como Dani Créus, Senior Reseacher da Kaspersky, nos disse, não é tão usada como deveria ser. Ou seja, mesmo estando presente na suite e de forma gratuita, são ainda poucos os pais que percebem esta mais valia para a segurança da sua família.

KIS 2020
Dani Créus

O mundo da Super Deep Web

Dani Créus também apresentou um conjunto de slides que chocaram muitos jornalistas e ate se ouviu um ou outro “ohhh” de espanto.

À nossa frente, fomos vendo um super mercado de cartões de crédito roubados à venda por um punhado de dólares onde podemos escolher a validade, o montante para gastar e o país de origem.

Tudo com preço e detalhes tão extraordinários quanto o sistema operativo que a vítima usa nos seus devices, o código postal da cidade que habita, e muitos etc.

Mas esta lista continuava por venda ilegal de software, de bases de dados consoante tipo e género, códigos e cracks, jogos e serviços de streaming populares.

Só a título de curiosidade: todos os bancos que trabalham em Portugal tinham cartões de débito e crédito na lista. Apenas aterrador.

A suíte Kaspersky Total Security 2020 tem ainda um Password Manager Premium incluído, gratuito com as opções Total Security e Total Cloud. Desta forma é simples memorizar em segurança todas as passwords que usamos para todas as contas que temos em nosso nome.

A marca reforçou a protecção de ficheiros, fotos e dados, convidando-nos a realizar cópia de segurança online para um mais simples restauro dos dados e, também para eles, temos um codificador de dados para protegermos as nossas pastas secretas.

Existem outras novidades: a partir de agora, as soluções de segurança vão apenas enviar alertas aos utilizadores sobre temas que lhes sejam significativos, de forma a garantir uma experiência mais “limpa”.

Por exemplo, se um utilizador visita o website de um banco, receberá uma notificação da funcionalidade Safe Money, informando-o de que a sua sessão está protegida.

Para terminar, fica o sucesso da Kaspersky que durante seis anos consecutivos é a marca de anti vius mais testada e também a mais premiada.

João Gata foi a Madrid a convite da Kaspersky

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *