Todos aqueles que já viram o Top Gear conhecem bem Jeremy Clarkson.

Já estamos habituados a alguém que raramente se impressona com um automóvel e que apresenta um grau de exigência muito acima do normal.

Tal é a sua reputação que os fabricantes de automóveis ficam satisfeitos se Clarkson murmurar “Okay” após conduzir uma das suas viaturas.

O Toyota GT86 foi um dos ultimos testado pelo “bad boy” do Top Gear e aparente saiu-se muito bem. Clarkson foi tão longe que comentou – “Um dos melhores que conduzi em muito tempo”!

Talvez um impulso para as vendas de um carro que marca o retorno da Toyota ao segmento dos desportivos desde o Celica e do MR2 (excluindo claro as versões Toyota MotorSport que foram lançadas em alguns modelos).

Para apimentar mais a coisa Clarkson dá um valente “tratamento” ao GT86 durante o test drive.

Apesar de já sabermos o resultado do teste vale mesmo a pena ver o vídeo.

O GT86 utiliza um motor Boxer de 2.0 litros (que garante um baixo centro de gravidade) proveniente da Subaru, que tem um modelo idêntco, com 200 cvs de potência.

A caixa é curta e de 6 velocidades e a tracção é traseira.

Um opção curiosa prende-se com o facto de a Toyota ter optado por pneus normais, finos e ecológicos, ao invés dos habituais pneus largos de baixo perfil que equipam a generalidade dos desportivos.

O resultado é uma condução de traseira solta a cada curva. Mesmo dentro dos limites de velocidade citadinos.

Como Jeremy Clarkson diz – “um carro construido por entusiastas, para entusiastas!” –  e com um preço em Portugal a partir de 39.000€.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *