Bee Challenge

Mensalmente, somos atingidos por um novo desafio que se torna viral e global. Acho estranho que pessoas de todo o mundo façam vídeos a dançar nas suas cidades (mas depois cancelam-se os concertos ibéricos do Pharrell Williams), considero criminoso que as miúdas passem fome para criarem um espaço entre as coxas (o inenarrável Tigh Gap), logo seguida pela onda veraneia do “Bikini Bridge” e, recentemente, pelo balde de água fria enfiado pela cabeça. São situações pontuais mas que, no caso da magreza, podem provocar danos físicos e emocionais irrecuperáveis.

Muda-se o mês, chega um novo desafio “social”. Desta feita, e para quase não fugir à regra, é apontado ao sexo feminino. E falamos mesmo de sexo, pois o “Bee Challenge” ( #beechallenge, desafio da abelha numa tradução livre) provoca as teens (e outras) a tirarem uma #selfie. Nada de novo, pensarão, mas a questão é que estas fotos têm um propósito: mostrar as mamas! A “originalidade” está em tapar os olhos (e parte do rosto) com o soutien para tentarem uma espécie de anonimato ao mesmo tempo que tentam uma semelhança física com uma abelha.

Piada? Não. O problema acontece quando são as próprias representadas a colocarem, pasme-se, estas #boobies nas próprias páginas do Instagram ou Facebook. A questão é grave pois provoca um automático ciber-bullying e uma multiplicação de re-posts que nunca poderão ser apagados.

Meninas, todos nós gostamos de ver o que é bonito. Mas pensem nas consequências antes de fazê-lo. Mostrem só a quem de direito e tenham sempre cuidado com o fotomaton.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *