A Panasonic apresentou a nova TV OLED 4K PRO HDR EZ1000 com sistema operativo Firefox que impressiona pelas tecnologias que incorpora e pelo conceito Panasonic “Art & Interior” com um design que parece estar a flutuar no ar e um potente sistema de som assinado pela Technics integrado na sua base. A EZ1000 inclui também uma renovada aplicação de reprodutor multimédia que suporta 4K HDR10 e conteúdo Hybrid  Log Gamma. Também suporta a tecnologia IP> TV que converte os canais de TV em dados através da rede wifi doméstica permitindo a reprodução em outros equipamentos através de streaming, para além de se dar muito bem com conteúdo 4K HDR de Netflix, Amazon e YouTube.

É nos pormenores mais complexos que se percebe até onde levou a Panasonic a concepção deste novo tipo de gama. Por exemplo, a calibração foi confiada ao renomeado colorista de Hollywood Mike Sowa. A marca nipónica também colocou toda a sabedoria aprendida ao longo de décadas de trabalho com os profissionais de Hollywood Lab para calibrar o novo processador HCX2 que está incluído na TV.

Com base na longa herança de Panasonic em Hollywood, a EZ1000 ainda tem uma série de características semi-profissionais. Por exemplo, permite que os utilizadores profissionais façam o upload da sua própria cor na 3D LUT (Look Up Table) via USB ou cartão de memória SD. A TV OLED também permite que se aplique as configurações de calibração Imaging Science Foundation (ISF) e é compatível com o sistema de calibração Portrait Displays CalMAN. 

Resumo dos avanços chaves da EZ1000 sobre o anterior modelo OLED da Panasonic CZ950:

EZ1000CZ950
PlanoCurvo
Duplo brilho OLED convencionalBrilho standard OLED
Cobertura praticamente completa da cor DCICobertura média da cor OLED DCI
Processador de vídeo HCX2 melhoradoPrimeira geração processador HCX
Funcionalidade 3DLUT + Calibração ISF Suporte de calibração ISF
Filtro de ecrã Absolute Black Sem filtro
Altifalantes dinâmicos de 80WAltifalante passivo de 40W
Interface melhorado para o My Home Screen 2.0Sistema Panasonic Smart Viera

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts