IMG_0340

Experimentei este Punto Twin Air depois do Verão do ano passado e reservei a publicação para uma altura em que tivesse tido a oportunidade de experimentar mais modelos citadinos equipados com estes motores “modernos” de três ou dois cilindros. E ainda bem que o fiz, pois estaria a ser demasiado duro em relação a algumas características do Punto que, entretanto, percebi que são gerais aos outros modelos que ensaiei (500S, Twingo, 108).

O Grand Punto, desde que surgiu, que me encantou pelas suas linhas. A frente faz lembrar um Bugatti e o espelho num utilitário foi uma excelente aposta e golpe de mestre. Aliás, este desenho, com mais ou menos alterações, continua a ser fiel ao original e já lá vão uns anos. É um carro que se vende bem. E continua bonito. Mas conhece adversários tremendos, principalmente no mercado português que nos afunila para este segmento.

IMG_0351

Depois da versão BiFuel (GPL e gasolina, solução que muito me agrada, principalmente no Alfa Romeo Giulietta – ensaio aqui), eis que chega o TwinAir com 0,9 litros (875cc) e, atenção, 105 cavalos! É bem verdade, este Fiat domina!

O modelo que me calhou foi o Lounge com pack Sport. Tem alguns embelezamentos exteriores, com as bonitas jantes de 15″ e saias laterais com um pequeno aileron traseiro. Os vidros escurecidos dão o toque final. Mas é no interior que se percebe a antiguidade do modelo, que mesmo quando saiu, foi acusado de ter poucos espaços para arrumação dos multiplicados adereços que transportamos diariamente.

IMG_0412

Há bolsas nas portas, um espaço depois do travão de mão, até uma tampa no topo da consola que esconde os pertences dos olhares alheios. Mas é pouco para o smartphone, tablet, coluna de som, dossier, computador, tabacos e derivados, chaves das casas em que nos movemos… percebem onde quero chegar. A bagageira com 275 litros não é das maiores desta classe, mas não lhes fica atrás e possiilita o rebatimento do banco traseiro para atingir os 1030 litros.

Conforto e equipamento

Esta versão oferece algum conforto e bem estar a bordo. Está equipada com Ar Condicionado, ESP com Hill Holder e sistema Blue & Me de série que nos possibilita conectar um smartphone ou leitor MP3 externo, pela entrada AUX ou uma qualquer pen USB com entrada directa. Através do bluetooth, emparelhamos o nosso smartphone e temos comandos no volante para atender e desligar chamadas, para além dos comandos áudio. Tudo muito prático e bem simples.

Mas é deste motor que vos quero falar. Agora que já tive a oportunidade de guiar dois modelos italianos e dois modelos franceses equipados com parcos centímetros cúbicos mas muitos cavalos, posso dizer que este Fiat encoraja os aceleras. O forte ruído dá nas vistas e enche os ouvidos… de quem está dentro do carro e quem vai na rua. É um ronco tipo “tuc-tuc” que, ao fim da primeira surpresa e kms percorridos, começa, quanto a mim, a tornar-se presente demais. Mas, questiono, se não será o som que o típico jovem de 20 anos procura para reforçar o entusiasmo do seu primeiro volante…

IMG_0313

O Punto TwinAir é muito activo, despachado, até vibrante nas primeiras relações, desde que optemos por uma condução desportiva (as coisas acontecem a partir das 2000 RPM). Como é leve, tem um arranque digno de registo, mas não é carro para prolongadas viagens, pois os dois cilíndros serão sempre parte da companhia.

IMG_0368

Outro ponto menos bom são os consumos. Os anunciados até fazem sorrir (5 litros em urbano, quase 4 em estrada), mas são muito optimistas. Dentro de Lisboa o que me surgiu no ecrã do computador de bordo foi uma média de 6 L. Mas, confesso, puxei sempre pelos dois cilíndros pois, como escrevi acima, o ronco do motor leva-nos a isso. Estou em crer que, com mais uns dias, conseguiria baixar o consumo em mais de um litro.

PVP: a partir de 16,500 euros (atenção às campanhas Fiat)

 

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts