Asus Zenfone 5, Huawei P20 Pro, LG G7 e Samsung Galaxy S9+, qual deles o melhor smartphone fotográfico? A conclusão fica ao vosso critério!


As marcas sabem que as características fotográficas dos seus modelos de topo são as que convencem grande parte do mercado.

Não é fácil perceber as vantagens entre uns e outros, pois quando um smartphone custa quase 1000€ terá de ser forçosamente a melhor opção.

Ou não?

Será que há smartphones por 500€ que conseguem obter excelentes resultados?
Claro que sim!

No final das contas, tudo depende para o trabalho – e aqui falamos de trabalho – que pretendemos fazer com um smartphone.

Se for para tirar fotografias ou fazer vídeos do dia a dia, todos estes nomeados são uma excelente opção.

Se por acaso usamos um smartphone para reportagens vídeo, a LG está um passito à frente com modos de vídeo que até garantem Correcção de Cor.

Assim como a Tripla Câmara (e os famosos 40MP) do P20 Pro é imbatível no modo Super Noite.

E o mais equilibrado? A câmara de Dupla Abertura variável do Galaxy S9+ garante óptimos resultados.

Uma coisa é certa, a Asus faz um brilharete com o PVP a que propõe o novo Zenfone 5 com dupla lente para resultados distintos.

Eis a galeria!

zenfone 5 lgg7 samsungS9+ HuaweiP20Pro

Asus Zenfone 5

Características da dupla câmara (clicar para ver)

 

Huawei P20Pro

Características da tripla câmara (clicar para ver)

 

Mas é no Modo SUPER NOITE que a Huawei faz uso daquela terceira lente!!!
Resultados sem tripé:

LG G7

Características da dupla câmara (clicar para ver)

Samsung Galaxy S9+

Características da dupla câmara (clicar para ver)

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Analista ao volante do novo Mercedes Classe A

Análises – reviews

Breves

Siga o Xá das 5, um blogue de João Gata