c.i.:

Que relógio devemos levar connosco para nos acompanhar nas aventuras mais extremas…? Dificilmente a escolha poderá ser outra do que o novo Expedition Everest, da VostokEurope.

Esta nova coleção da marca que se habituou a nos “levar aos extremos” consiste em nove modelos – cinco com movimento mecânico automático e os restantes com movimento de quartzo multifunções – e comemora a expedição lituana que quebrou o record mundial de espeleologia ao chegar a 2196 metros de profundidade na gruta Krubera-Voronia, em 2013.

Vostok Europe Expedition Everest Collection

Um dos segredos dos espeleólogos consistiu na utilização de relógios Vostok com iluminação através de tubos de trítio, uma característica fundamental visto que os membros da expedição ficaram debaixo do solo durante várias semanas – e um relógio com mostrador luminescente convencional garantiria a visibilidade por pouco mais de 12 horas.

Para a coleção Expedition Everest a Vostok voltou a desenhar relógios robustos e de elevada legibilidade, recorrendo a movimentos automáticos e de quartzo com funcionalidades práticas e úteis.

As variantes de quartzo recorrem ao sofisticado movimento YM8J, o qual oferece as complicações de cronógrafo, segundo fuso horário, alarme e calendário perpétuo.

Os modelos automáticos possuem um movimento YN84 com indicador de reserva de marcha e mostrador de 24 horas.

Em comum, todos têm uma caixa em aço de 48mm de diâmetro com luneta (bisel) unidirecional, mostrador protegido por vidro mineral endurecido K1, resistência à água certificada até 200 metros e, claro, iluminação permanente através de tubos de trítio aplicados aos índices e ponteiros.

Estes relógios são vendidos com duas braceletes (pele+silicone) numa caixa exclusiva tipo “dry box” que inclui também uma ferramenta especial para a mudança de bracelete pelo utilizador.

A garantia é de 2 anos e a distribuição exclusiva em Portugal é feita pela SRI através da sua rede de pontos de venda autorizados.

Estes novos modelos são vendidos a um preço a partir de 529€ (modelos de quartzo) e de 659€ (automáticos) com ligeiras variações em função do acabamento das caixas.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Breves

Analista ao volante do novo Mercedes Classe A

Siga o Xá das 5, um blogue de João Gata