Fui um fã (e coleccionador) de Swatch e tive uma parede forrada com expositores próprios. Mas a marca perdeu o fulgor criativo em meados nos anos 90 e a partir daí desencantou-me.

Ainda tenho aqui uns quantos modelos curiosos, com história e coleccionáveis, e até já os coloquei à venda, mas sem sucesso.
Isso demonstra que a marca perdeu algum do “tcham”, dessa originalidade de ser considerada cool, coleccionável e única.

 

14677449_6Bcjr

 

Contudo, quem os tem adora-os e ainda existem colecionadores que adquirem, sem ver, cada gama anual.

E quem diria que já passaram três décadas sobre o primeiro relógio de plástico que, curiosamente, foi o responsável pela não falência da relojoaria suíça que passava por uma das maiores crises da sua existência?

Foi um golpe de génio aliado à inspiração de agências de design e artistas de nomeada que, ano após ano, iam deslumbrando mesmo quem não usava relógio.

Para comemorar 30 anos, a Swatch lança o modelo comemorativo SWATCH Est. 1983” (SUOZ161), um Gent de caixa e bracelete transparente que permite, tal como nos primeiros, ver todo o mecanismo do relógio a funcionar.

swatch

A palavra ‘Celebrate’ a preto e as 30 datas a dourado dominam na transparência total.

Elegante e bonito, vai esgotar na hora!

20130220-183413

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *