Surface Pro 3

O Surface Pro 3 é um PC híbrido que também se pode apontar como o mais profissional dos tablets. Vencedor do segmento no Top Xá das 5 2014, é uma máquina brutal que, pela primeira vez, pode mesmo ser um desktop replacement, oferecendo inclusive soluções práticas (como a entrada de dados por caneta inclusa) num peso ultra leve e com um teclado capa que, com um ligeiro ângulo de encaixe, passa a ser perfeito para uma utilização séria.

Para continuar a promover esta bela máquina, a Microsoft Portugal lança hoje uma nova campanha para promover o Surface Pro 3. De uma forma simples e original, a campanha utiliza as formigas como metáfora para convidar o espectador a quebrar convenções. As formigas que nunca saem do seu caminho e não o questionam, que seguem a rotina que o Surface Pro 3 permite quebrar. Por isso, nas várias peças da campanha o carreiro de formigas vai escrevendo frases que representam as rotinas e tudo o que é normal e que o Surface Pro 3 tem o poder de questionar: ‘Das nove às cinco’, ‘Casa, trabalho, casa’, ‘Nunca mudes de carreira’, ‘Segue o líder’ e ‘Pica o Ponto’.

Desconvenciona-te” é o conceito que está na base da comunicação, cujo registo minimalista e conceptual – pouco habitual na marca – convida os consumidores de tecnologia a olharem de uma forma diferente para o potencial do Surface Pro3. O mais recente dispositivo da Microsoft dirige-se a todos os inconformados que não se deixam limitar pelas barreiras impostas pelo espaço e pelo tempo, que procuram total mobilidade, criatividade sem limites e que encontram neste equipamento a forma de tirar o melhor partido e potencial da sua vida profissional e pessoal.

Concebida pela agência criativa O Escritório e produzida pela produtora polaca Platige, a campanha foi desenvolvida com o principal objetivo aumentar a notoriedade da marca Surface. A campanha digital arranca hoje e estará no ar até ao verão em canais de Social Media e nas plataformas digitais da Microsoft Portugal, podendo até vir a ser exportada e adaptada para diversos outros mercados.

 O Surface Pro 3 merece este destaque.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts