Lenovo, a gigante chinesa que adquiriu em tempos a unidade de computadores portáteis da outrora poderosa IBM e, mais recentemente, a Motorola, apresentou na CES 2015 um espectacular laptop que, diz que o pegou, é extraordinariamente leve.

O Lenovo LaVie Z tem duas versões distintas: o laptop tradicional (770 g) e a versão com o avançado sistema basculante do modelo Yoga (930 g), que lhe permite virar e apresentar-se como tablet, por exemplo.

Acontece que ambos os modelos são, também, computadores com bom sistema de processamento, pois estão equipados com os Intel Core i5. A questão do peso torna-se ainda mais importante e um decisivo factor “wow”.

O modelo tradicional, comparado com o famoso MacBook Air, pesa sensivelmente metade. E a espessura não difere muito do tablet iPad retina na sua primeira versão. Sim, do tablet.

A estrutura é feita em liga de magnesium-lithium que pesa menos que o magnésio “tradicional” mas oferece a mesma rigidez. O ecrã não é topo de gama, mas sim um IGZO que puxa pouco pela bateria e oferece qualidade quanto baste. E a bateria? E não é que a Lenovo avança com 7/8 horas de reprodução vídeo?

Será que chegou a hora de trocar o meu Macbook Pro?

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts