Mas o problema é mais grave do que pensa, pois mesmo que se substitua o vidro, nada fica resolvido. Há uma razão: o problema é derivado do chip TOUCH IC que está inserido no interior do smartphone e separado da placa da mesma forma que já ocasionou problemas na Xbox (lembram-se do Xbox 360 red-ring of death)? Com tudo isto, já há alcunha para este recente drama: “touch disease”, ou seja, a doença do toque.

A solução? substituição completa, um grande “ops”.