Por ano são feridos dezenas de milhares de ciclistas em acidentes com automóveis. Pior, algumas centenas não sobrevivem. E pode ter sido devido a algum grande susto que Andrew Hagan, CEO da empresa australiana Fly6, pensou numa solução que colocou no Kickstarter e garantiu sucesso imediato: uma câmara que ao invés das dispendiosas GoPros e similares, fosse barata ao ponto de poder montar onde tradicionalmente fica o farolim traseiro. Esta câmara, também designada por Fly6, tem bateria para cinco horas. Enquanto pedalamos, ela filma e grava o que acontece atrás de nós em modo loop, ou seja, e se nada acontecer, quando o espaço de memória terminar ela regrava desde o início e assim em diante.

Se, no entanto, o ciclista for vitima de um acidente, a Fly6 entra em modo específico, gravando mais uma hora depois da infelicidade e mantendo outra hora prévia ao que aconteceu.

Temos assim uma prova para mostrar à seguradora, à polícia ou a quem necessitar. O inventor garante que o seu propósito nem é reunir provas, mas sim equipar o máximo número de bicicletas com câmaras para que os automobilistas percebam que estão, ou podem estar, a ser filmados e, com receio, adoptar outro tipo de comportamento na estrada.

As primeiras unidades serão entregues já em Maio/Junho e o preço é 135 dólares. Podemos fazer a pré-encomenda no próprio site.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *