Aconteceu a WWDCMMXIII, a keynote da Apple, em que toda uma nova gama de hardware e software foi apresentada.

Vou destacar algumas:

O novo Mac Pro, o computador eleito pelos artistas gráficos, designers, editores de vídeo e áudio, renasce e apresenta-se numa nova caixa, deixando as linhas apuradas e já clássicas do até agora vendido, e assumindo linhas mais orgânicas e cilíndricas. Talvez não tenha sido a melhor opção, porque os comentários nos vários foruns e sites Mac não são muito positivos:

k-bigpic2

A marca anunciou que o novo Pro vai ter 12 núcleos e que tem 1/8 do tamanho do actual. A ver vamos se conseguem o milagre da miniaturização.

Outra novidade, quiçá a mais aguardada, é o novo S.O. iOS 7 que “é a maior mudança desde a apresentação do próprio iPhone”, o que desde logo nos deixa com um pé atrás. E visualmente, também a opinião de muitos internautas, é que esta revolução que Tim Cook apelida de “visual plano” com transparências animadas é uma abordagem mais infantil do que o esperado de um… iPhone. Ou talvez não.

Os novos clientes Apple também o são em idade. O hype mudou e são os mais jovens a nova força de vendas da Apple, muito por causa dos iPads. Então, “animar” as operações é um passo lógico.

A maior parte dos aplicativos (tempo, calendário, email, mensagens) foram redesenhados e apresentam novos ícones, mas o que o novo tempo/weather faz já é conhecido nos Android. As notificações são agora mais completas (mas não chegam ao hub da Samsung… em Android) com “hoje, todos e não atendidas”. O Centro de controle é que está mais evoluído e algumas funções são activadas gestualmente.

A questão multitarefa é também muito importante e tudo está a ser desenvolvido por quem sabe tendo como objectivo o grande lançamento em Setembro.

apple-ios-7-app-icons-540x334 iOS7-Video-05-580-75.JPG

 

Mais interessantes, os novos MacBook Air que têm a árdua tarefa de combater toda a investida W8 e Android dos últimos meses, quer em relação a propostas híbridas ou tablets topo de gama.

O anunciado promete: mais leves, mais finos e mais potentes! Sublinham-se com uma bateria muito mais duradoura que chega mesmo às 12h de reprodução vídeo! É obra.

 

air

 

Reservamos para amanhã a continuação desta saga Apple 2013

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *