material-de-penso-7-0-s-307x512

comunicado de imprensa:

A aplicação MATERIAL DE PENSO, criada por um enfermeiro português e lançada em Fevereiro deste ano para sistema Android, acaba de ser disponibilizada para sistema iOS (iPad e iPhone). Esta aplicação é uma ferramenta de trabalho para todos os profissionais de saúde que cuidam de utentes portadores de feridas, que proporciona de forma rápida, simples e clara, a consulta de informações sobre os diversos materiais de penso utilizados em Portugal. Permite ainda consultar informações como Indicações, Contraindicações, Frequência de tratamento, Mecanismo, etc.

Esta ferramenta traz agora uma nova funcionalidade, uma base de dados com os nomes comerciais de todos os produtos de material de penso existentes no mercado nacional, bem como alguns detalhes de cada produto. A aplicação sofreu ainda algumas alterações a nível gráfico, tonando-se mais simples e limpa para o utilizador.

Contando com excelentes críticas na loja de aplicações Google Play e, chegando a estar em primeiro lugar das aplicações gratuitas na categoria Medicina da referida loja, é agora disponibilizada para iOS de forma gratuita, através da App Store da Apple.

A aplicação foi desenvolvida por Pedro Rosa, enfermeiro no Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, EPE (Consulta Externa Polivalente – Unidade de Medicina Hiperbárica e Subaquática), pós graduado em Tratamento de Feridas e Viabilidade Tecidular, em conjunto com João Furnas, estudante de biologia na Universidade dos Açores e programador Android e lançada em fevereiro deste ano com a colaboração da Secção Regional da Região Autónoma dos Açores (SRRAA) da Ordem dos Enfermeiros (OE). No dia em que foi apresentada, foram efetuados 803 downloads da aplicação e conta já com mais de 7000 downloads.

A aposta nas ferramentas e motores de busca da Web é cada vez mais significativa e, sendo a internet o veículo de informação cada vez mais procurado, esta aplicação móvel é uma ferramenta fundamental que vai permitir aos profissionais de Saúde terem acesso, em qualquer local, a qualquer hora, à informação sobre os diversos materiais de penso com ação terapêutica.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *