NOVAS CASIO EXILIM
EX-N10 / EX-N20 / EX-N1
A MODA EM ALTA DEFINIÇÃO

Todas têm o mesmo coração, 16 megapixels, Zoom x5, video HD, sistema anti-shake entre muitas outras caraterísticas técnicas.
Mas o que difere os três modelos é mesmo o acabamento e as cores.
Dependendo dos acabamentos, os preços diferem um pouco até chegar aos 99,9 euro no modelo mais dispendioso, o que é muito apelativo.

Segue o press release oficial:

Casio Exilim EX-N10. Concebida claramente a pensar no público feminino, esta Exilim – em rosa vívido, dourado e preto – é o acessório ideal para as mulheres com um estilo de vida sofisticado.
A característica mais saliente da EX-N10 é o seu acabamento com um padrão acolchoado, gravado diretamente na superfície da caixa e visível através do seu revestimento transparente.
Casio Exilim EX-N20. A EX-N20 aponta um público masculino.
A Casio Exilim EX-N20 foi criada com cores sóbrias (castanho, azul e vermelho) e com um padrão especial texturado com uma sensação tátil semelhante ao cabedal. O desenho clássico e intemporal é completado através da coordenação do design entre o anel em torno da objetiva e o punho.
 
Casio Exilim EX-N1. Esta é a variação mais simples da família. Esta proposta feita a pensar num público mais jovem passa pelas cores apelativas e simples em branco, azul e rosa a que acrescem duas propostas mais sofisticadas, em preto e vermelho.
As variações em preto e vermelho possuem um acabamento especial com uma textura em cerâmica de alto brilho. 
Todos os modelos EX-N1, EX-N10 e EX-N20 possuem um sensor de imagem tipo CCD com uma resolução efetiva de 16,1 megapixéis, objetiva grande-angular de 26mm e zoom óptico de 5x.

Funções avançadas de processamento de imagem estão também presentes, entre elas o modo Premium Auto, que analisa automaticamente o motivo a fotografar e escolhe automaticamente as melhores definições, e uma função Maquilhagem (Make up) para fotografar rostos com resultados perfeitos.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *