Sony Cyber-shot DSC-RX100 III – ensaio

8 Design
9 Construção
10 Inovação
10 Qualidade
8 Factor X5
9

RX100III_image3-1200

Sou fã, aliás, fanático, da compacta RX100 desde a sua primeira versão e tenho tido a sorte de analisar os melhoramentos de cada reinterpretação, como o azar de viver sem uma (preço muito alto). Contudo, e para quem pode, continua a ser um modelo de topo, quase inalcansável pela concorrência. E esta terceira geração conseguiu o impensável: os engenheiros da Sony introduziram um visor electrónico, mantendo a mesma dimensão e peso (aliás, até é milimetricamente menor e mais leve), escondendo-o mesmo no interior do corpo. Fenomenal!

A Sony Cyber-shot DSC-RX100 III, nome completo, evoluiu em todos os campos, comparativamente com a antecessora: para além do visor, tem uma objectiva mais rápida e melhorou a captação vídeo, graças à escolha do novo processador Bionz X, que possibilita um autofocus muito mais capacitivo e rápido, com função Lock-on (no objecto focado). A objectiva sofreu um upgrade e temos agora uma 24-70mm f1.8-2.8, muito rápida e luminosa, perfeita para uma utilização genérica. Conseguimos ainda neste pequeno pacote, um Zoom óptico 2.9x que dá muito jeito. Esta solução consegue resultados impressionantes em pouca luz, mas essa característica já é quase transversal aos novos produtos da marca nipónica. Mas o que dizer do sensor de 1″ (13.2×8.8mm) , bem maior que os mais tradicionais 1/2.3″ (6.16×4.55mm) e 1/1.7″ que equipam as câmaras compactas? E sim, este super sensor faz toda a diferença, principalmente se contarmos com uns impressionantes 20,1 MP de resolução, a mesma solução encontrada no anterior modelo, mas que com o novo Bionz X possibilita agora uma maior amplitude de valores ISO, dos 125 aos 12,800, mas puxados até aos 25,600 no modo de redução de ruído Multi-frame.

RX100III_Rear-EVF-1200

Qualidade de vídeo impressionante

Esse Bionz X, não é por ter X na designação, mas vale o seu peso em ouro. É três vezes mais rápido que o anterior, o que diminui o ruído numa área específica, tornando toda a operação mais rápida. Também permite um tracking na focagem automática com Lock-On e área ajustável. Se em fotografia soa bem, em vídeo conseguimos resultados realmente fantásticos, devido ao codec XAVC S com um bitrate de 50Mbps. Para quem não precisa de tanto, pode sempre optar pelos restantes AVCHD e MP4 (resolução baixa para publicação imediata nas redes sociais). Existe ainda a função de gravação em modo duplo que permite, paralelamente, o registo das imagens em dois modos de qualidade: menos bom e muito bom. De salientar que existe um modo automático, Active Mode IS, que compensa todos os nossos erros e que tenta ajustar o equilíbrio mesmo quando caminhamos, atenuando os solavancos típicos desse movimento.

Como mais valias imediatas para uma utilização profissional, tem indicador Zebra, saída HDMI pura e grava ficheiros RAW. Está preparada para tudo, mas é pena não ter uma baía para um microfone externo, visto que o que está incluso não favorece nenhuma captação. No seu lugar está agora colocado o flash que migrou da extremidade esquerda que aloja agora o fenomenal visor electrónico.

E como falei de redes sociais, espaço para dizer que a RX100III tem NFC, Wi-Fi e toda a suíte Sony PlayMemories, com diversas Apps para edição das fotos e outras brincadeiras, como filtros criativos. Por conseguinte, é também manobrada à distância por um qualquer smartphone ou tablet.

RX100III_Top-wide-1200

Pronta para tudo e todos

A RXIII é uma compacta para se fotografar motivos, momentos, pessoas e atmosferas. É uma all-arounder, sempre pronta para tudo. Esta nova objectiva oferece uma abertura angular perfeita para muitas situações: retratos com muito “punch”, vibrantes, parecem dar vida ao sujeito, enquanto que, no outro extremo, deixei-me seduzir pelos tons quentes de um pôr do sol em pleno Alentejo (curiosamente, e aquando o ensaio à RXII, também estava nessa geografia). É neste capítulo que a Sony se destaca, e conforme a luz se esvai, surgem uns negros densos, sem qualquer degradé, até à última réstea de sol. É verdadeiramente impressionante o que se consegue desta câmara compacta. Convém salientar que andei com ela todos os dias, porque é mesmo perfeita para se transportar dentro de um qualquer bolso. E quando dava por mim, o cartão SD estava cheio…

Outras características que a fazem perfeita: a macro desde os 5cm com a mesmíssima objectiva que nos oferece uma profundidade de campo extraordinária e que podemos manipular… até de forma digital.

O anel “mágico” continua livre, o que é perfeito para pequenos ajustes quando se grava vídeo (mesmo o pequeno micro capta sempre qualquer coisa próxima). Mas confesso que o uso, desde a primeira RX100, quase exclusivamente para focagem manual e conseguir com isso efeitos quase profissionais em pequenos vídeos. Esta pequenita tem mesmo um estabilizador óptico apoiado em cinco eixos, o que aliado ao tamanho e baixo peso da unidade, permite captações que só terminam com a nossa imaginação.

O Visor

Cheguei à parte que realmente faz a diferença para as antecessoras. Esta RX100III tem um pequeno visor electrónico incluído no próprio corpo. Basta pressionar um pequeno botão para que ele surja tipo pop-up! E que maravilha… só ele representa toda uma diferença que faz com que, se eu queria ter uma RX, agora preciso de ter uma RX. É isso! Era o único verdadeiro “defeito” que lhe encontrava…
Este EVF tem também de, depois de activado, ser puxado manualmente para estender o corpo. De outra forma, esbarravamos com o nariz no ecrã principal e teríamos de nos ginasticar facialmente para conseguirmos espreitar pelo “buraco”. Assim, mesmo dando um pouco mais de trabalho, é uma solução super engenhosa, mesmo que pouco prática.

Por falar em ecrã principal, mantem as mesmas 3″ de tamanho da RXII, mas com 1,228,800 pontos, o que o torna até útil sob a luz do sol. Também pode ser levantado ou baixado num ângulo de 180º, perfeito para tomadas de cena em picado ou contra picado e para as mais que famosas selfies.

RX100III_180-tilt-1200

Conclusão

A RX100III é a câmara que todos os profissionais vão querer transportar no bolso. Mas é também aquela que pisca o olho a todos os amadores que querem ter algo de especial que lhes possa dar um empurrão para conseguir resultados fenomenais. O seu pequeno corpo, em metal, é durável e confortável de usar no dia a dia. Como pontos positivos, o novo EVR, os ângulos do ecrã principal, uma fantástica objectiva e uma qualidade ímpar. Tem tudo o que se precisa, menos 4K para quem o deseja. Os menus são de fácil entendimento e temos botões que podemos programar com funções específicas.

Como pontos negativos, o microfone que é básico, e o preço que continua proibitivo para uma compacta. Mas olhando ao mercado, esta é uma tendência a que outras marcas também estão a dar muita importância com valores PVP muito semelhantes.

PVP: 849€

 

Dimensões (L x A x P) (CIPA)
101,6 x 58,1 x 38,3 mm
Peso (CIPA)
263 g (apenas estrutura), 290 g (com bateria e suporte multimédia)
Tipo de sensor
Sensor CMOS Exmor R® de tipo” 1.0 (13,2 mm x 8,8 mm)
Píxeis efetivos
20,1 MP
Tipo de lente
Lente ZEISS® Vario-Sonnar® T*
Número F
F1.8 (GA) – 2.8 (T)
Distância focal
f=8,8-25,7 mm
Zoom ótico
2,9x
Zoom digital (fotografia)
Até 44x (VGA)
Zoom digital (filme)
Zoom digital aprox. 11
Clear Image Zoom
Fotografia: 20 M aprox. 5,8x/10 M aprox. 8,2x/5 M aprox. 11x/VGA aprox. 44x; Filme: aprox. 5,8x
SteadyShot
Sistema óptico
Tipo de focagem
AF de deteção de contraste
Modo de focagem
AF único, AF contínuo, DMF, Focagem manual
Alcance da focagem
5 cm – infinito (GA), 0,3 m – infinito (T)
Modo de medição da luz
Multi-padrão, Distribuição central de peso, Ponto
Modo do flash externo
Automático / Flash ligado / Sincronização lenta / Sincronização traseira / Flash desligado
Tipo de ecrã
3,0” (7,5 cm) (4:3)/1 228 800 pontos/Xtra Fine/TFT LCD
Visor eletrónico
Visor eletrónico tipo 0.39
Ajuste da luminosidade
Automático / Manual (5 incrementos) / Dias de sol
Velocidade do obturador
iAuto (4″ – 1/2000)/Programa automático (1″ – 1/2000)/Manual (lâmpada, 30″ – 1/2000)/Prioridade à abertura (8″ – 1/2000)/Prioridade ao obturador (30″ – 1/2000)
Modos de equilíbrio de brancos
Auto, Luz do dia, Sombra, Incandescente, Nublado, Fluorescente (Branco quente, Branco frio, Branco diurno, Luz do dia), Flash, Temperatura da cor/Filtro de cor, Personalizado
Bracketing
Sim
Suporte de gravação compatível
Memory Stick Duo™, Memory Stick PRO Duo™, Memory Stick PRO Duo™ (alta velocidade), Memory Stick PROHG Duo™, Memory Stick Micro™, Memory Stick Micro™ (Mark2), Memory Stick XC-HG Duo™, cartão de memória SD, cartão de memória SDHC, cartão de memória SDXC (UHS-I), cartão de memória microSD, cartão de memória microSDHC, cartão de memória microSDXC
Resolução de imagem fixa
Modo 3:2: 20 M (5472×3648)/10 M (3888×2592)/5 M (2736×1824); Modo 4:3: 18 M (4864×3648)/10 M (3648×2736)/5 M (2592×1944)/VGA; Modo 16:9: 17 M (5472×3080)/7,5M (3648×2056)/4,2 M (2720×1528); Modo 1:1: 13 M (3648×3648)/6,5 M (2544×2544)/3,7 M (1920×1920); Sweep Panorama: Grande angular (12 416×1856/5536×2160)/Padrão (8192×1856/3872×2160)
Resolução do filme
AVCHD: PS 28 M (1920 x 1080/50p)/FX 24 M (1920 x 1080/50i)/FH 17 M (1920 x 1080/50i)/FX 24 M (1920 x 1080/25p)/FH 17 M (1920 x 1080/25p), XAVC S: 50p 50 M (1920×1080/50p)/25p 50 M (1920×1080/25p)/100p 50 M (1280×720/100p); MP4: 12 M (1440 x 1080/25 fps)/VGA 3 M (640×480/25 fps)
Modo de gravação de vídeo
AVCHD (até 1920 x 1080/50p a 28 Mbps)/MP4 (até 1440 x 1080/25p a 12 Mbps)
Formato de gravação
Fotografias: JPEG (DCF Ver. 2.0, Exif Ver. 2.3, conforme MPF Baseline), RAW (formato Sony ARW 2.3); Filme: XAVC S, compatível com o formato AVCHD Ver. 2.0, MP4
Modo de flash incorporado
Automático / Flash ligado / Sincronização lenta / Sincronização traseira / Flash desligado
Tipo Flash
Integrado, de projeção manual
Alcance do flash incorporado
ISO Auto: aprox. 0,4 m a 10,2 m (1,31 ft. a 33,46 ft.) (GA)/aprox. 0,4 m a 6,5 m (1,31 ft. a 21,33 ft.) (T), ISO12800: até aprox. 20,4 m (66,93 ft.) (GA)/aprox. 13,0 m (42,65 ft.) (T)
Processador de imagem
BIONZ X™
Modo de captação
Superior Auto, iAuto, Programa automático, Prioridade de abertura, Prioridade de velocidade do obturador, Exposição manual, MR (Recuperação da memória) (1, 2, 3), Modo de filme (Programa automático, Prioridade de abertura, Prioridade de velocidade do obturador, Exposição manual), Panorama, Seleção de cenas
Velocidade captação contínua (máx.)
5 fps (modo de captação contínua com prioridade à velocidade)
Temporizador
Desligado / 10 seg. / 2 seg. / 3 ou 5 fotografias consecutivas com atraso de 10 seg. selecionável
Seleção de cenas
Retrato, Ação desportiva, Macro, Paisagem, Pôr-do-sol, Cena noturna, Handheld Twilight, Retrato noturno, Anti-desfocagem por movimento, Animais, Gourmet, Fogo-de-artifício, Alta sensibilidade
Photo Creativity
Sim
Picture Effect
Toy camera, Cor pop, Póster, Foto retro, High-key suave, Cor parcial, High Contrast Monochrome, Focagem suave, HDR Painting, Richtone Monochrome, Miniatura, Aquarela, Ilustração
Panorama (Fotografia)
SIM
Funções de captação
AF dos olhos, Deteção de faces, Registo de faces, Obturação por sorriso, Quick Navi, Indicador de nível digital (pitch e roll), Bracketing WB, Bracketing DRO, MF Assist, Peaking, Zebra, Nível Micref, Zoom faseado, Temporizador de autorretrato
Modo de medição
EV -0 a 20 (equivalente a ISO 100)
Compensação da exposição
“+/-” 3,0 EV, incrementos de 1/3 EV
Sensibilidade ISO (fotografia)
ISO 125-25600
Sensibilidade ISO (filme)
Automático: (ISO nível 125 – ISO nível 12800, selecionável com limite superior/inferior), 125/160/200/250/320/400/500/640/800/1000/1250/1600/2000/2500/3200/4000/5000/6400/8000/10000/12800
Consumo de energia (Modo de câmara)
Aprox. 1,7 W com monitor LCD e aprox. 2,3 W com visor eletrónico (norma CIPA)
Duração bateria (CIPA, fotografias)
Até 320 fotografias/160 minutos
Terminais de saída e entrada
Micro HDMI, Micro USB, USB de alta velocidade (USB 2.0)
Conetividade Wi-Fi
Funcionalidade de NFC com um só toque, Wi-Fi