Sou dos que têm um Samsung Gear S2 e continuo satisfeito. Faz o que promete e fá-lo bem. Tem as aplicações que considero necessárias e realmente úteis e dou por mim a dizer bem de um sistema operativo (Tizen) que só a Samsung utiliza. Portanto, foi até com bastante curiosidade que me dirigi à apresentação fora de portas que a Samsung realizou para a apresentação do Gear S3 aquando a IFA em Berlim e saí de lá com uma certeza: vou querer actuaizar o meu Gear S2 para o S3.

Como smartwatch que é (e aproveitando muito bem o já ridículo atraso do Android Wear 2.0), o Gear S3 mimetiza um tradicional relógio masculino, continua com o formato redondo (muito apreciado) e é resistente à água (IP68) e te, entre outros sensores, GPS integrado.

Ei-lo, finalmente, chegado às lojas portuguesas e em duas versões: Frontier e Classic. O Gear S3 Frontier exibe uma estrutura exterior mais robusta e duradoura que ambiciona combinar na perfeição forma e função. Já o Gear S3 Classic apresenta um estilo minimalista e elegante que distingue os relógios mais icónicos. Outra boa notícia é a compatibilidade com as braceletes standard de 22mm.

“O Gear S3 é, sem sombra de dúvida, uma adição valiosa ao portefólio da Samsung, e acreditamos que se tornará um parceiro indispensável no dia-a-dia dos nossos utilizadores. Graças ao seu design inspirado na relojoaria clássica e à tecnologia de ponta da Samsung, o Gear S3 será ao mesmo tempo um acessório de moda e um assistente pessoal”, refere Nuno Parreira, Director de Vendas & Marketing da Samsung Portugal. “Por outro lado, os nossos utilizadores que pratiquem desportos mais aventureiros, ou gostem de descobrir novos locais e ambientes, poderão desfrutar do GPS integrado e dos sensores dedicados às modalidades mais radicais”, reforça.

O Always On Display (AOD) a cores de 16 megapíxeis e a tecnologia Super AMOLED diferenciam ainda mais o Gear S3 dos smartwatches anteriores da Samsung. O AOD permite mostrar permanentemente as horas, em vez de automaticamente desligar o ecrã após algum tempo, e exibe um sofisticado mostrador que simula a imagem dos relógios analógicos.

A moldura rotativa que caracteriza o novo Gear S3 foi melhorada e integra agora novas funcionalidades. Sem tocar no ecrã, os utilizadores podem aceitar ou rejeitar uma chamada ou desligar um alarme. Além disto, o Gear S3 permitirá que, ao escrever ou desenhar no ecrã as mensagens, estas sejam automaticamente convertidas em texto ou emojis. Os utilizadores podem ainda criar pequenas notificações e listas de tarefas para gerirem mais facilmente o seu dia-a-dia, mesmo aqueles com agendas mais caóticas, isto graças à aplicação Reminders (lembretes).

Através das colunas integradas, os utilizadores podem activar mensagens de voz e ouvir as suas músicas preferidas. Com uma bateria que tem uma autonomia estimada para até 4 dias (depende da utilização que seja efectuada em concreto), com apenas um carregamento, podem também ouvir sua música, fazer chamadas e desfrutar do seu elegante relógio durante muito mais tempo.

O Gear S3 tem ainda um serviço SOS e as capacidades de monitorização de localização para alertarem familiares e amigos, ou profissionais de emergência médica sobre uma situação de crise.

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Vídeo da semana