Versões com até 1TB e meio de memória, cores alegres e corpo em cerâmica, o Samsung Galaxy S10 apresenta-se em quatro modelos, um deles 5G

Londres, 19.02.2019

Fui à capital britânica num pé e vim noutro com uma certeza: a Samsung sabe renovar um conceito mantendo-se fiel aos seus princípios.

Experimentei o novo Samsung Galaxy S10 em três das suas quatro versões e a primeira noção é que, para comemorar uma década da gama S, a evolução teve os pés assentes na terra e para os aficionados da marca, estou em crer que chegou a hora de fazer um upgrade aos seus S8 e S9.

O novo processador é o primeiro cartão de visita para o topo de gama e a primeira vez que vai ser colocado à venda. Alguns testes comparativos garantem que é quase 50% mais rápido que o antecessor, o que nos abre a boca de espanto.

Trata-se do Octa-core 8nm Snapdragon 855 que irá equipar todos os futuros topos de gama Android que usam a Qualcomm como “coração”. O processador Exymous também equipará o S10 em alguns mercados.

Samsung S10 - xadas5
S10e / S10 / S10+

Quatro versões com um 5G escondido

O novo flagship surge em quatro versões: S10e, S10, S10+ e o inesperado S10 5G (que só pudemos ver exposto). Todos são, como seria de esperar, desejáveis, com um design sofisticado, construção em metal e vidro, um fantástico ecrã que agora cobre quase a totalidade do painel frontal e que apenas se deixa rasgar pelos orifícios que dão lugar a uma ou uma dupla câmara frontal.

A Samsung chama-lhe Infinity O Display e apresenta uma relação ecrã/ tamanho com uns extraordinários 93%:1.

Falamos de um ecrã super vibrante, edge to edge e com muitos adjectivos modernos que lhe emprestam uma aura de sofisticação.

O ecrã Dynamic Amoled apresenta-se em quatro tamanhos: S10e (5,8” sem curvas), S10 (6,1” com laterais curvas Edge), S10+ (6,4” com laterais curvas Edge) e S10 5G (6,7” com laterais curvas Edge). Idêntico para todos é o aspect ratio 19:9. Também é aqui que existe um diferencial qualitativo do mais básico “e”, que tem um ecrã Full HD+ “flat”, para os restantes que orgulhosamente exibem um ecrã Wide Quad HD+.

Os pesos e dimensões, e pela mesma ordem, são 150 / 157 / 175 e 198 gramas para 142,2 x 69,9 x 7,9 / 149,9 x 70,4, 7,8 / 157,6 x 74,1 x 7,8 / 162,6 x 77,1 x 7,94 mm.

Samsung S10 - xadas5
As três variantes E/10/10+

A brutal capacidade de memória

Se vos disser que qualquer destes smartphones, incluindo o menos potente, têm mais RAM que muitos computadores, não estarei a exagerar. Repare-se que a oferta começa nos 6 GB e vai até 12 GB numa das versões mais exclusivas.

Mas, e peço atenção para este parágrafo, repare-se bem nestes valores quase inimagináveis há um par de anos: S10e com 128 GB mínima para um máximo de 256 GB a que se acrescenta a opção de cartão microSD com até 512 GB.
O S10+ tem duas versões (8+128 e 8+512 com cartão até 512), o S10+ oferece o maior leque da gama (8+128 mas com ofertas diferentes nas versões em cerâmica 8+512 e 12+1TB e ainda com cartão até 512 GB). Ao lado destes, o S10 5G surge “apenas” na versão 8+256 GB.

E quanto às baterias?

Um dos calcanhares de Aquiles da Samsung, comparando com a concorrência que agora já é directa, tem sido a capacidade de bateria. Ao contrário da Sony que faz milagres os seus Xperia devido à tecnologia Stamina e outros truques, a Samsung, principalmente nos Note e após o drama que todos ainda lembramos, tem tratado esta questão com luvas e algodão. Se a memória se esvazia no tempo, a bateria no Note 9, por exemplo, não aguenta um dia de trabalho.

Portanto, uma das minhas expectativas era exactamente este campo e a marca não me defraudou. Na mesma ordem de que tenho vindo a escrever, do S10e/S10/S10+ e 5G: 3,100 / 3,400 / 4,100 e 4,500mAh.

Carregamento rápido e por indução

Vai-se a bateria com os jogos, os vídeos, os dados e o Wifi e entra o carregamento rápido e por “toque”, ou seja, por indução com equipamentos compatíveis, através do Fast Wireless Charging 2.0 e Wireless PowerShare. O modelo 5G acrescenta o Super Fast Charging 25W através de cabo).

Filtro de origem

Sou um fervoroso adepto e utilizador do filtro de luz azul. Prefiro perder alguma qualidade na cor e brilho do que estragar os meus olhos que, mais tarde, deixarão de ver a tal cor e brilho.

Portanto, dou sempre as boas vindas a este amado/odiado filtro que me facilita a leitura dos documentos e jornais. A Samsung elevou a qualidade do mesmo tendo como objectivo único a nossa saúde ocular.

Segurança extrema e ID sem sensor físico

A marca sul-coreana tem trabalhado muito na segurança dos seus equipamentos e, consequentemente, dos nossos conteúdos. Não só tem um “cofre-forte” para nossa utilização, como toda uma suite Knox que pretende dificultar a vida dos larápios digitais.

Agora, e depois de várias marcas chinesas com especial destaque para a Huawei e o seu Mate 20 Pro terem colocado no mercado o desbloqueio através da impressão digital sob o ecrã frontal, o Samsung S10 apresenta-se com esta, enfim, inovação. Mas nem tudo são rosas: este Embedded Ultrasonic Fingerprint só está disponível nos Galaxy S10/S10+.

Este sensor está colocado por baixo do painel frontal e bem chegado à base para maior conveniência física. E, pelo que percebi ao experimentar, este posicionamento foi bem escolhido. A ver vamos se a futura análise o confirma. A Samsung garante que este sensor só responde ao próprio dedo, esquivando-se a outros truques, e que funciona sob chuva (IP68).

Tanto o S10e como o 5G oferecem apenas a solução Ultrasonic Fingerprint. Por fim, toda a gama tem desbloqueio através do reconhecimento da face, denominado 2D Face Recognition.

Felizmente, a Samsung mantem o minijack!!!!!

Capacidade fotográfica

A importância das câmaras nos smartphones é cada vez maior e um dos principais factores para a escolha de um equipamento. As marcas sabem disso e fazem todos os esforços para conseguir a preferência do consumidor.

O mercado tem soluções extraordinárias, tanto nos Pixel, Huawei, Sony, LG e Apple, como nos Samsung Galaxy.

Mas a marca precisava de um boost dinâmico para abafar a concorrência, mesmo que os resultados conseguidos tanto nos S9 como no Note 9 sejam francamente bons.

Três objectivas, três aberturas e basta tocar no ecrã:

E é assim que estamos perante uma das grandes evoluções da anterior para esta gama.

Há muito que dizer sobre as novas câmaras dos S10 e um dos pontos de interesse residia exactamente na dupla câmara frontal da versão Plus. Mas já lá vou.

S10e:

1. 16 MP (Ultra Wide) com abertura F2.2 e FF.

2. Dual Pixel com 12 MP e estabilizador óptico de imagem OIS, Auto Focus e abertura Wide/F1.5 e F2.4.

S10/S10+:

1. 16 MP (Ultra Wide) com abertura F2.2 e FF.

2. Dual Pixel com 12 MP e estabilizador óptico de imagem OIS, Auto Focus e abertura Wide/F1.5 e F2.4.

3. 12 MP também com OIS (Tele/F2.4) com AF.

S10 5G:

1. 16 MP (Ultra Wide) com abertura F2.2 e FF.

2 16 MP (Ultra Wide (F2.2) com FF ; Dual Pixel 12 MP OIS (Wide(F1.5/F2.4) com AF e 12 MP OIS (Tele/F2.4) com AF.

3. hQVGA com sensor 3D.

E no que respeita às câmaras frontais?

Samsung Galaxy S10 Xadas5
Selfie mode

Encontramos a mesma receita para todas as versões: uma Dual Pixel com 10 MP com abertura F1.9 e autofocus.

Perguntam agora, mas então, a que se deve a dupla câmara frontal na versão S10+? Pois que tem uma unidade com 8 MP para conseguir uma maior profundidade de campo com abertura F2.2 e autofocus. E não, infelizmente (baque no coração), não tem OIS. E fiquei, confesso, triste.

O 5G tem outra solução como segunda câmara, optando por uma unidade hQVGA com sensor 3D.

Samsung S10 - xadas5

Capacidades vídeo e inteligência artificial

Estas três câmaras principais com Zoom, wide, ultra wide, autofocus, abertura variável, OIS e todas essas coisas, abrem lugar para um sem número de possibilidades criativas através de filtros e A.I..

Imaginem o que podemos fazer com a optimização automática de cena, sugestões e ajustes automáticos (30 cenas + NPU, ou seja, a identificação imediata do que estamos a fotografar/filmar com a adaptação técnica para os melhores resultados sem nos fazer perder tempo algum) e até uma novidade denominada “Super Stereo Video” que urge perceber para que serve e o que faz.

Tudo se resume numa proclamada Intelligent Performance com a garantia que temos uma “DSLR nas mãos”, palavras da apresentadora Susanne que nos deu as primeiras dicas.

Para terminar este conjunto de estrangeirismos técnicos, deixo-vos com estes: AI Powered Performance, Adaptative Power e last but not the least, a amada e odiada Bixby com novas Routines.

Voltando ao carregamento por indução, eis os Galaxy Buds

Podem perguntar, mas o que têm os novos Galaxy Buds a ver com o carregamento por toque, ao que repondo, “quase tudo”.

Para além da Samsung prometer melhor desempenho sonoro, maior conforto e, acima de tudo, uma bateria que promete maior longevidade, os Galaxy Buds são guardados numa pequena caixa que pode ser carregada através da indução presente nos novos S10. Ou seja, e como podem ver no vídeo, basta pousá-los na traseira do S10 para automaticamente ganharem nova vida para mais uma horas de audição.

Os Buds são mais pequenos que os anteriores (cerca de 30%) e garantem uma qualidade suprema porque são tratados pelos mestres da AKG, com motor optimizado para uma melhor performance no que respeita a gaming e a presença do Dolby Atmos.

Timing e preços

As pré-encomendas podem ser realizadas a partir de 21 de Fevereiro com entrega prevista a partir de 8 de Março.

Quem fizer esta pré-encomenda terá um fabuloso brinde: a oferta dos Galaxy Buds!

Várias cores em opção, um “amarelo canário” que só está disponível na versão 10e, e a cerâmica a dar nas vista tanto em preto como em branco.

Preços e cores:

S10e 6/128: 779,99€
S10 6/128: 929,99€
S10 6/512: 1179,99€
S10+ 6/128: 1029,99€
S10+ 6/512: 1279,99€
S10+ Cerâmica: 12/1TB: 1639,99€ (branco e preto)

Cores: Prim Blak, Prim Blue, Prim White, Prim Green e o exclusivo Canary Yellow somente no modelo S10e.




João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

3 comments

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • FANTÁSTICO !!! Ainda há coisas que me surpreendem, muito poucas , mas há ….este Samsung Galaxy S 10 !!!
    Até dobram como os livros …,sem botóes, auscultadores sem fios e com écran gigante ! Um topo de gama ..

  • FANTÁSTICO !!! Ainda há coisas que me surpreendem, muito poucas , mas há ….este Samsung Galaxy S 10 !!!
    Até dobram como os livros …,sem botóes, auscultadores sem fios e com écran gigante ! Um topo de gama ..

    Recusam o meu comentário porque está ” duplicado e já diss isso “?!?!
    Estão doidos …nunca comentei !

Analista ao volante do novo Mercedes Classe A

Análises – reviews

Breves

Siga o Xá das 5, um blogue de João Gata