O programa LEAF4Trees duplicará o impacto ambiental positivo dos clientes nacionais de automóveis 100% eléctricos da Nissan


comunicado de imprensa:

A Nissan anunciou em fevereiro passado o programa LEAF4Trees, que pressupõe a plantação de árvores no Centro de Portugal, em função dos quilómetros percorridos pelos proprietários nacionais dos automóveis eléctricos Nissan LEAF e e-NV200, entre 01 abril de 2017 e 30 de junho deste ano.

Uma iniciativa que resulta do desafio lançado pelo Turismo Centro de Portugal à Nissan Portugal, a que se juntou o ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e que recebe o apoio da Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural.

Com o LEAF4Trees, a Nissan Portugal tem como objectivo duplicar os benefícios ambientais que os seus clientes de automóveis de Zero Emissões geram ao circular no país.

Ao não emitirem gases de escape, os Nissan 100% eléctricos evitaram, nos quinze meses analisados, a emissão 2,231 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2), que teriam de ser compensadas por mais de 159 mil árvores.

Programa de repovoamento do Pinhal de Leiria

«O programa LEAF4Trees é um exemplo de como a Mobilidade Inteligente da Nissan está a contribuir para criar um Eco-sistema Eléctrico que muda profundamente a forma como conduzimos e como vivemos, tornando a vida de todos mais sustentável e emocionante», salienta Antonio Melica, Director Geral da Nissan em Portugal.

«Como líder mundial da Mobilidade Inteligente, a Nissan assume a responsabilidade de utilizar a sua experiência e conhecimentos em automóveis com zero emissões, para ser um elemento activo na construção de um futuro socialmente, economicamente e ambientalmente melhor, razão que nos levou a desenvolver o programa LEAF4Trees».

«Em boa hora o Turismo Centro de Portugal lançou à Nissan o desafio de colaborar na reflorestação do Pinhal do Rei. A ideia cresceu e o resultado superou todas as expectativas, uma vez que esta parceria vai ser responsável pela plantação de quase 160.000 árvores, um número muito significativo.

Este projecto em conjunto com a Nissan constitui motivo de orgulho e satisfação para o Turismo Centro de Portugal», sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

«Fazemos votos para que outras empresas e instituições sigam o bom exemplo dado pela Nissan, apoiando projectos que tenham impactos positivos em regiões afectadas por catástrofes naturais», acrescenta.

Na perspectiva do Vice-presidente do ICNF, Paulo Salsa, «a plantação de 160.000 árvores, para a recuperação das Matas Nacionais fustigadas pelos grandes incêndios de 2017 representa claramente o esforço de empenho da sociedade civil e da administração em torno da recuperação de todo este património florestal milenar.

Envolvimento do Turismo de Portugal

Torna-se evidente com o envolvimento do Turismo de Portugal que o tema extravasa a ciência florestal e passa também para o domínio da paisagem como um ícone da imagem do país em relação ao potencial de atracção turística internacional.

É relevante que estas acções sejam acompanhadas em simultâneo por empresas, com valências estratégicas fora do sector florestal, mas que assumem a necessidade de políticas ambientais activas em prol da sustentabilidade.

Por fim é entendimento que em conjunto com as acções de grande escala a desenvolver pelo ICNF, que estas iniciativas constituem um compromisso de excelência com este tipo de instituições e que levará com toda a certeza à reabilitação destes ecossistemas florestais, com o objectivo final de devolver à sociedade no seu global um espaço com a importância reconhecida que têm estas Matas nos domínios da sustentabilidade ambiental mas também na memória histórica que representam, designadamente o Pinhal do Rei.

Assim, louva o ICNF tal iniciativa neste contexto e espera que seja um excelente incentivo para a sua multiplicação no território nacional e no tecido empresarial e igualmente nos variados sectores da administração.»

LEAF4Trees em detalhe

Todos os Nissan LEAF podem, se os seus proprietários assim o entenderem, conectar-se ao centro de dados mundial da Nissan, partilhando informações relativas ao número de quilómetros percorridos e energia consumida, mas também recebendo informação sobre a localização de novos postos de carga e dados sobre o estado de operacionalidade e ocupação dos postos (se os operadores da rede disponibilizarem essas informações).

Esta conectividade permite também o acesso pelos proprietários a funcionalidades dos veículos a partir do seu telemóvel, tablet ou computador.

Em Portugal 44% dos Nissan LEAF actualmente em circulação estão conectados à central da Nissan.

Durante o período de recolha de dados da iniciativa LEAF4Trees – de 1 de abril de 2017 até 30 de junho de 2018 – os proprietários de Nissan LEAF e e-NV200 em circulação em Portugal percorreram 21.668.071 quilómetros.

Este número representa uma não emissão de 2.231.811,291 toneladas de CO2, com base nas emissões médias da Nissan em Portugal em 2017, que foram de 103gr/km (dados oficiais ACAP).

Ou seja, os automóveis zero emissões da Nissan que circulam actualmente em Portugal tiveram, apenas durante o período de avaliação do LEAF4Trees, um impacto positivo sobre o Ambiente em Portugal equivalente ao “trabalho”, durante esse mesmo período, de 159.415 árvores.

A Nissan Portugal irá assim plantar, em colaboração com o Turismo Centro de Portugal e do ICNF – Instituto da Conservação da Natureza, esse mesmo número de árvores no Pinhal de Leiria, duplicando o efeito benéfico sobre as emissões de CO2 devidas aos condutores de automóveis 100% eléctricos da Nissan.

Um desafio para clientes, entidades e parceiros

Para marcar o início da plantação a Nissan vai agora lançar um desafio aos seus clientes – quer dos automóveis eléctricos da marca, quer todos os outros – à sua rede de

concessionários e a todas as entidades parceiras, bem como a organismos locais e todos aqueles que se quiserem juntar a esta iniciativa, para participarem no primeiro dia de plantação destas árvores e contribuírem para o projecto LEAF4Trees.

Para isso a Nissan Portugal vai disponibilizar em breve uma página no seu site www.nissan.pt para todos os interessados consultarem todos os detalhes e se inscreverem para participar no primeiro dia de plantação, se assim o entenderem.

A plantação dependerá da evolução das condições meteorológicas, mas iniciar-se-á durante o próximo Inverno para assegurar as condições óptimas de plantação.

A Nissan iniciou a revolução dos automóveis eléctricos e está apostada em continuar a liderar este caminho com o lançamento de novos automóveis eléctricos, investimento adicional em infra-estruturas, avanços a nível de baterias e uma visão inovadora para dar aos seus clientes a possibilidade de obterem energia gratuita para utilização nos seus automóveis eléctricos e nas suas casas, pilares centrais do Ecossistema Eléctrico da Nissan para o futuro da mobilidade global.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Analista ao volante do novo Mercedes Classe A

Análises – reviews

Breves

Siga o Xá das 5, um blogue de João Gata