ioncassetteadapterbluetooth

Com a crise, muitos automóveis que estavam nas garagens a acumular pó estão agora a dominar as estradas desta europa pré-falida, portanto, é natural que os velhos autorádios com leitores de cassetes tenham reaparecido com esta realidade. Para quem cresceu com k7s, como foi o meu caso, ainda relembra o dinheirão que se gastou em crómios e metais e etc para conseguir a melhor qualidade de som, ainda hoje e para sempre, muito superior à dos CDs que as atiraram para o baú das memórias.

Há uns anos, surgiram umas cassetes que permitiam ligarmos um CD player, vulgo walkman, por cabo 3,5mm ao autorádio para podermos ouvir a nova colecção digital. Estas cassetes adaptáveis, digamos assim, foram um sucesso, mas que caíram também no esquecimento devido aos omnipresentes leitores de CDs de origem nos novos automóveis.

Mas o mundo está sempre às voltas e são agora os CDs que antevêm o seu desaparecimento e olham para o cantinho do tal baú das memórias, mesmo ao lado das empoeiradas k7s. A ‘nova ordem’ são os leitores digitais (MP3/4, smartphones, phablets, tablets, etc) que transportam as nossas listas, as nossas rádios, os nossos gostos. E eis que a ION (que lançou gira-discos que gravam os vinis directamente para MP3) teve a brilhante ideia de fabricar uma dessas tais cassetes adaptadoras mas que, neste caso, funciona através de bluetooth e reproduz, nas colunas do automóvel, todo o estardalhaço que temos no leitor digital!

Não é fabuloso? E, melhor, também recebe o sinal de uma chamada, portanto, é um dois em um.

O único senão é que esta cassete da ION trabalha a bateria e cada carga dura aproximadamente seis horas, o que exige que a transportemos (como fazíamos com as frentes dos autorádios para os larápios não os levarem).

Este senão é até um ponto negativo, pois… dá trabalho. Se e quando a ION conseguir lançar uma cassete que se possa ligar ao próprio autorádio e ser alimentada pela bateria do automóvel, teremos vencedor.

O preço ronda os 40 dólares.

Ok, existem autorádios no mercado com entradas SD, USB e AUX por esse preço… mas estavamos a falar de cassetes.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Analista ao volante do novo Mercedes Classe A

Análises – reviews

Breves

Siga o Xá das 5, um blogue de João Gata