a

Marafado, expressão tipicamente algarvia que pode significar:

zangado, irritado, danado, velhaco, malandro, dinâmico, maroto, travesso, levado da breca…

Este Folhado Marafado é efectivamente levado da breca de calórico, delicioso, saboroso, surpreendente, fantástico… é difícil resistir a uma fatia de um folhado recheado de ovos-moles e frutos secos.

Inspirado num bolo-rei que descobrimos no final do ano passado em terras algarvias, mais exactamente em Portimão, o Folhado Marafado é tudo aquilo que se pode desejar para servir na Páscoa, que está próxima ou em qualquer outra altura do ano!

 

RECEITA

Ingredientes:

  • 500g de massa folhada
  • 125g de frutos secos
  • 50g de passas
  • 1 c. (sopa) de azeite
  • 1 c. (café) de canela
  • 250g de ovos moles
  • 250g de doce de gila
  • 125g de fios de ovos

nota: os frutos secos que nós utilizámos foram amêndoas, nozes, pinhões, pistáchios e avelãs no entanto podem escolher o que mais gostarem para fazer o peso

 b

 

Modo de Preparação:

Comece por colocar o azeite numa frigideira, junte os frutos secos e deixe-os tostar ligeiramente. Desligue o lume, e aproveitando enquanto a frigideira está quente, adicione de imediato 125 gramas de doce de gila e a canela. Envolva muito bem  o preparado de forma a que os frutos, o doce e a canela fiquem bem ligados. Reserve.

Está então na altura de preparar o folhado, divida a massa folhada ao meio e sobre uma superfície ligeiramente enfarinhada estenda cada uma das placas com o rolo de forma a obter dois rectângulos de aproximadamente 25×20 (é impossível com o rolo conseguir um rectângulo perfeito, por isso a massa deve ser aparada).

Coloque cada uma das placas de massa num tabuleiro sobre uma folha de papel vegetal e com um garfo pique a massa folhada de uma delas (esta placa não vai crescer tanto como a outra e é isso que se quer para a parte de baixo do bolo).

Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC durante 15 minutos, depois reduza para 160ºC e deixe ficar mais 12 minutos para a massa acabar de folhar.

c

Quando a massa estiver pronta retire-a do forno e deixe arrefecer uns 20 minutos. Depois coloque a parte de baixo do bolo num prato de servir e cubra cuidadosamente com uma parte dos ovos-moles.

Sobre estes disponha o preparado dos frutos secos que reservou e de seguida o resto dos ovos-moles.

d

Para terminar coloque a outra parte da massa folhada sobre o recheio e cubra-a com o restante doce de gila, deve fazê-lo com cuidado para não partir a massa.

Decore com os fios-de-ovos e amêndoas cortadas.

e

f

Receitas, truques, dicas, utensílios… por Travessa das Bolinhas Vermelhas

 

 

 

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Analista ao volante do novo Mercedes Classe A

Análises – reviews

Breves

Siga o Xá das 5, um blogue de João Gata