Os utilizadores Apple têm razão para estar em pânico. É que podem ouvir e ver a pessoa segundos antes dela atender a chamada. Ops…

Quantas vezes se antecipa um “alô” telefónico com um desabafo sobre quem nos está a telefonar ou a quem telefonamos quando não queremos?

Aqueles parcos segundos em que vemos o nome, o número ou a cara da pessoa que nos contacta e para quem temos pouca paciência ou, pura e simplesmente, falta de tempo? Ou ao contrário?

As exclamações proferidas sobre o patrão ou o colega antes de carregarmos na tecla verde?

Pois, meus amigos, quem usa equipamentos da Apple está, neste momento, em pânico pois a marca encontrou um terrível bug na aplicação FaceTime que é utilizada nos telefones, tablets e computadores.

O bug FaceTime

Mas então o que se passa?

Pelo que parece, é grave, pois a Apple desligou o serviço enquanto tenta resolver a questão: este bug permite que se veja (e se ouça) quem nos liga através do FaceTime segundos antes dela atender a chamada de vídeo.

Como assim? É isso mesmo: podemos ver a pessoa a fazer um esgar quando percebe que somos nós na chamada e até ouvi-la a dizer coisas como “epá, lá vou ter de atender este chato!”.

A gravidade depende, logicamente, de pessoa para pessoa, mas sabemos bem como é a natureza humana…

Mas como é isto possível?

O erro acontece ao permitir adicionar quem faz a chamada no FaceTime segundos antes do destinatário aceitar a ligação, enganando a aplicação de forma a que o equipamento pense que já está em contacto directo.

Enquanto a Apple “corre atrás do prejuízo” e adianta que terá um remendo pronto até ao final da semana, o melhor mesmo é desligar a função, pois ela continua activa em muito servidores.

Mas o problema maior é que, pelo que parece, este bug está activo há mais de três meses. Sim… 90 dias.

Wow!

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *