Ensaio Withings Monitor de pressão arterial

IMG_0148

Quando me perguntaram se estaria interessado em fazer o ensaio a um curioso medidor de tensão arterial que podemos comprar na loja e ter em casa, fiquei naturalmente muito curioso e respondi que sim!

A caixa chegou e, logo aí, surgiu uma impossibilidade: o Withings BPM precisa de um smartphone ou tablet para funcionar. Mas não é qualquer um, tem de ser um iPhone ou um iPad ou até mesmo um iPod Touch. Ou seja, é um medidor de tensão para fãs da maçã.

Como utilizo Mac sem um ‘i’ como prefixo, é-me impossível conseguir medir a tensão com o computador ao lado. Tem de ser iOS, não OSX. Felizmente, nesta mesma semana, a GOD entregou-me os dois iPads Mini e Air (ensaio a este serviço e aos ditos muito brevemente) e pensei que “era desta!”.

Não foi…

A ficha do Withings é das “antigas” e, portanto, não é compatível com as novas exigências da Apple (começam a perceber porque há gente que não atura certas políticas?), ou seja, ou vou comprar um adaptador ou… telefono a um amigo que vai encostar o iPhone 4S porque lhe deram o 5. O amigo fez também um serviço perfeito e entregou-me, finalmente, a ferramenta que possibilita o ensaio a outro equipamento “não Apple”.

withings_4f6b150113b79

Não querendo demorar-me nesta questão (mas que me chateia, chateia), vamos então para o ensaio do Withings. Pelas instruções, ficamos a saber que temos de ligar o medidor de tensão ao iPhone e, automaticamente, a loja de aplicações abre-se e indica-nos a App necessária para instalação. A coisa não funcionou tão facilmente e só consegui lá chegar após duas ou três tentativas. Mas no final, e com a app instalada, tudo correu de feição.

Num primeiro ensaio, “out of the box”, medi a minha tensão e batimento cardíaco. Não estava muito mal. Quando tentei fazer o mesmo à cara metade, a App exigiu a entrada de dados próprios, como a altura, peso e sexo para melhores cálculos.Tudo muito fácil e rápido.

Este BPM (Blood Pressure Monitor) é um equipamento fabuloso para pessoas que sofrem de algum tipo de pressão alta ou baixa ou de flutuações cardíacas e pode, realmente, ser um precioso ajudante e garante de qualidade de vida. A aplicação grava os dados e faz uma média que pode ser posteriormente apresentada ao médico que sabe, como ninguém, interpretar todos os gráficos.

withings-blood-pressure-monitor-pic

Depois de instalada e de uma ou duas explicações, esta App é muito fácil de gerir e mesmo as pessoas mais idosas conseguem perceber o seu funcionamento. Aprender a ligar um iGadget é que pode ser mais complicado… mas os produtos da maçã são idealizados para este tipo de utilização, muito fácil e directa.

Medi a tensão a três pessoas e os resultados foram realmente interessantes, pois além de díspares, confirmaram a noção “generalista” que temos da nossa condição. E, vá lá, ninguém foi a correr para o hospital.

Se disporem de um dinheiro extra, pensem em adquirir este equipamento. Como é compatível com a ficha mais antiga, já não é tão dispendioso encontrar um iPhone 4 ou iPad 1 em segunda mão.

Vale muito a pena!

 

PVP: produto disponível na loja online ORANGE por 133,99 €

 

Características:

  • Cuff oscillometric method
  • Measurement range: 0 to 285mmHg
  • Accuracy: ±3 mmHg or 2% of reading
  • Pulse: from 40 to 180 beats per minute
  • Accuracy: 5% of reading
  • Cuff circumference: fits arm circumferences 22 to 42cm (9 to 17 in)
  • Automatic inflation with air pump at 15 mmHg/s
  • Controlled pressure release valve
  • Connection through the iPhone, iPad or iPod touch connector
  • Results are immediately displayed
  • Online Dashboard
  • Free, private and secure online account (requires an up-to-date browser and an internet connection)
  • Free app for iPhone, iPad and iPod touch
  • Access to the best health and coaching online services
  • Secured data sharing with your physician
  • REFERENCE TO STANDARDS COUNCIL DIRECTIVE 93/42/EEC of 14 June 1993 concerning medical devices.
  • This device complies with the following normative documents:
    • IEC60601-1: 2005 + CORR. 1 (2006) + CORR. 2 (2007); EN60601-1: 2006; ANSI/AAMI ES60601-1: 2005: Medical Electrical Equipment – Part 1: General requirement for basic safety and essential performance
    • EN1060-1: 1995 with Amendment A2: 2009: Non-invasive sphygmomanometer, Part 1: General requirements
    • EN1060-3: 1997 with Amendment A2: 2009: Non-invasive sphygmomanometers, Part 3: Supplementary requirements for electro-mechanical blood pressure measuring systems
    • EN55011: 2007 + A2: 2007; EN60601-1-2: 2007; FCC 47 CFR PART 18: Electromagnetic Compatibility
    • ANSI/AAMI SP10:2002 Manual, electronic, or automated sphygmomanometers; safety and performance requirements.