James Dyson (sim, da Dyson) continua a tentar construir o mais perfeito secador de cabelo que a humanidade já viu e não olha a meios: após um investimento de cinquenta milhões de libras (fica sempre melhor por extenso), 10.000 km de cabelo e 600 protótipos (qual dos totais o mais fascinante), conseguiu finalmente chegar a esta conclusão: chama-se Supersonic e promete secar o cabelo de uma forma uniforme e a temperatura mais baixa para evitar queimar o dito. Este aspecto futurista e minimal garantiu-lhe a atenção da revista Wallpaper que o premiou com o Best new grooming product de 2017.

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Vídeo da semana