c.i.:

Está muito calor e esteve o mais puro inferno semanas atrás quando Lisboa, por exemplo, marcou 47ºC.
Ora para mim, se 37 feels like Hell imaginem quase 50.

Foi absurdo, pouca gente acreditou, mas quem tem um CAT S61 pode VER o calor através de imagens térmicas.

Este robusto Cat S61 é o único smartphone no mundo com esta tecnologia e foi um extraordinário aliado para guardar imagens térmicas em algumas das cidades da Europa.

Como já referi, Portugal registou das mais altas entre os diferentes destinos de férias registando temperaturas acima de 40° C.

Em Lisboa, considerada como o Melhor Destino de Cidade este ano pela World Travel Awards, a Torre de Belém (40˚C) e Ponte 25 de Abril (35˚C) foram dos locais mais quentes apesar da proximidade ao Rio Tejo.

CAT S61

O MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia), também à beira rio, registou uma temperatura de 32,7˚C.

Nestes dias apenas dentro destes edifícios é que se consegue encontrar temperaturas mais amenas, como na Torre de Belém com (19,8˚C).

Outros locais turísticos europeus bastantes procurados têm apresentado igualmente temperaturas altas.

O Arco do Triunfo em Paris (31.1˚C), o Rathaus (Câmara Municipal) em Munique (33.3˚C), Galleria Vittorio Emanuele II em Milão (34.2˚C) e La Pedrera em Barcelona (35.3˚C).

Os locais mais quentes gravados este verão no Cat S61 incluem:

  • 45.7˚C em Milão, Itália
  • 42, 8˚C em Londres, Reino Unido
  • 40, 5˚C em Munique, Alemanha
  • 36, 2˚C em Barcelona, Espanha
  • 31, 1˚C em Paris, França

Na imagem térmica do CAT S61, as cores mais quentes (amarelo e âmbar) mostram temperaturas mais altas, com mais calor a ser emitido, enquanto cores mais escuras (azul, roxo) mostram áreas mais frias.

E pensem assim: isto só tende a piorar….

João Gata

Começou em vídeo e cinema, singrou em jornalismo, fez da publicidade a maior parte da vida, ainda editou discos e o primeiro dos livros e, porque o bicho fica sempre, juntou todas estas experiências num blogue.

View all posts

Add comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Analista ao volante do novo Mercedes Classe A

Análises – reviews

Breves

Siga o Xá das 5, um blogue de João Gata